Finanças Notícias

Se Maomé não vai até a montanha…

DSC_0059
CNS e diretoria do SMCL analisam propostas dos setores

A saúde financeira de Capão do Leão não vai bem. Ciente disso, mas preocupado com o bem estar do bolso dos funcionários, o SMCL deu inicio a campanha salarial de 2015. A primeira reunião entre a categoria e o executivo foi marcada para a ultima sexta-feira (20) e pretendia contar com a presença do Prefeito e dos Secretários de Administração e Finanças para prestar esclarecimentos em relação a adequação dos índices. No entanto apenas a Secretária Leila, das finanças, compareceu à reunião.

Neste ano a proposta do Sindicato foi a de reuniões setoriais antes da primeira reunião da Comissão de Negociação Salarial (CNS) com o executivo e da primeira Assembléia Geral. As propostas de cada setor foram analisadas em uma reunião que antecedeu o diálogo com o executivo e a partir de cadafantasma índice proposto foi calculada a média das propostas chegando ao número de 12% de aumento salarial e um acréscimo de 90 reais no vale refeição. Entretanto, a proposta oficial da categoria será definida em Assembléia Geral, marcada para o dia 26 deste mês.

>> Informalmente, a contraproposta da administração é uma reposição de 8% no salário e um acréscimo 20 reais no vale. 

O argumento da prefeitura já é um velho conhecido da categoria: a culpa é do índice de pessoal. No entanto, se os índices estão nas alturas a responsabilidade não pode, de forma alguma, recair sobre os servidores e menos ainda estes sofrerem as consequências da irresponsabilidade administrativa do executivo.

A ausência do Prefeito e de respostas objetivas aos questionamentos da categoria levará os funcionários até o gabinete nesta sexta-feira (27) para cobrar estas respostas do chefe do administrativo. Se o Prefeito não vem até o Sindicato, o Sindicato vai até o Prefeito!

Deixe uma resposta