Notícias

Março, um mês de luta!

Capa dia da mulher

Somente em 1975 que o dia 8 de março passou a ser incluído no calendário oficial da ONU (Organização das Nações Unidas) como o Dia Internacional da Mulher, no entanto anos antes, em 1910, esta data já havia sido discutida em uma conferência na Dinamarca. A data relembra a grande greve das operárias de uma fábrica de tecidos da cidade americana de Nova Iorque em 1857.

Nesta confusão de números o que de fato importa é o legado das trabalhadores novaiorquinas que ocuparam a fábrica exigindo direitos iguais aos dos homens, tratamento digno e redução da carga diária de trabalho. A greve foi reprimida com tamanha violência que as operárias foram trancadas dentro da fábrica e incendiadas. 130 mulheres morreram neste dia.

Mais de um século se passou desde este triste episódio e os avanços alcançados, apesar de significativos, ainda estão longe de serem ideais. A luta pela igualdade de gênero ainda é uma batalha a ser travada todos os dias na nossa sociedade machista e patriarcal.

Infomativos serão vinculados durante o mês de março
Informativos serão vinculados durante o mês de março

O dia 8 de março não é uma data comemorativa. Em muitos países realizam-se conferências, rodas de conversa e debates com o objetivo de discutir o papel da mulher na sociedade atual. O dia 8 de março é uma data de luta.

O Sindicato dos Municipários de Capão do Leão elegeu o mês de março como o Mês da Luta da Mulher. Durante todo mês, serão realizadas inserções online com dados de pesquisas realizadas nos últimos cinco anos e que demonstram a diferença de gênero ainda existente em pleno séc XXI, bem como o preconceito, a violência e o assédio às mulheres. O objetivo é debater com os municipários os direitos das mulheres e colaborar na diminuição da desvalorização da mulher no mercado de trabalho e na sociedade atual.

No próximo dia 11 será ministrada uma palestra sobre violência contra mulher. O evento é organizado pelo CAPS – Casa Vida em parceria com SMCL e está incluído na agenda especial de março da entidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *